Retratar o outro é também conhecer a si própria. Trocar histórias, olhar para dentro. O desenho como forma de aproximação e encontro.